Como dirigir blindados

Uma blindagem adiciona hoje entre 150 kg (sedã médio) e 250 kg (SUV grande). É algo como dois ou três adultos, o que cria a sensação de dirigir um veículo que está sempre carregado. Por isso, um blindado demanda muito mais atenção na direção do dia a dia. Suas reações são mais lentas e devem ser mais estudadas.

Por exemplo, exigem maior espaço para frear, o que obriga o motorista a dirigir mais distante do carro à frente. Na curva, um veículo alto, como o SUV, tende a apresentar inclinação excessiva, por causa do aumento de peso no alto (nos vidros).

O uso do blindado requer ainda a mudança de hábitos que parecem banais. É comum o dono se esquecer de travar as portas ou andar com janela ou teto solar aberto, o que anula todo o sistema defensivo proporcionado pela blindagem.

Há ainda cuidados que prolongam sua vida útil, como não bater a porta com a janela aberta: o vidro pode rachar se não estiver todo apoiado no batente. Também não se deve deixar a porta aberta mais que o tempo de entrar e sair, pois o peso extra pode empená-la. E os vidros só podem ser acionados com o motor ligado, para não sobrecarregar o sistema.

Também para preservá-los, evite deixar o veículo ao sol por longos períodos e, caso ocorra, não jogue água, pois o choque térmico pode trincá-los. Ao entrar na cabine, não direcione o ar-condicionado diretamente para os vidros, pois há o risco de delaminação – quando a camada plástica interna se descola do vidro.

No trânsito, opte pelas pistas laterais, onde a chance de evasão é maior. Nos semáforos, tente deixar 5 metros do veículo da frente – num ataque, haverá espaço para manobrar e estudar como abrir caminho. É também por causa da facilidade de superar obstáculos que muitos acabam preferindo um carro alto como o SUV.

Tais fatos mostram a importância de fazer um curso de direção defensiva ou específico para blindados. Ele ensinará a escapar sob o ataque de tiros (são usadas armas de paintball), para simular a condição de estresse do assalto, além de técnicas de controle do veículo em fugas e até condicionar o dono a não abrir a porta sob a pressão de uma arma, o que ocorre na prática com muitos motoristas dentro de um blindado.

 

Fonte: Revista Quatro Rodas

>> voltar

2017 CONCEPT BLINDAGENS - São Paulo - Brasil - Todos os direitos reservados
Crista Solutions